Automotive Business
  
ABLive

Notícias

Ver todas as notícias
Exportações ajudam e vendas de máquinas crescem 15% em julho

Mercado | 07/08/2020 | 19h07

Exportações ajudam e vendas de máquinas crescem 15% em julho

Argentina demanda 58% a mais de equipamentos brasileiros no mês

SUELI REIS, AB

O setor de máquinas agrícolas comemora em dobro os resultados do mercado registrados em julho, quando as vendas cresceram 15,6% com relação a junho, com pouco mais de 4,5 mil unidades. Dados divulgados na sexta-feira, 7, pela Anfavea, indicam que além da boa demanda para o mercado interno, o desempenho positivo se deve a uma melhora importante das exportações para a Argentina, que aumentaram 58% no mês passado, impulsionada pelos pedidos da China. Com o resultado de julho, o acumulado de sete meses registra 24,1 mil máquinas vendidas, aumento de 1,3% sobre o desempenho de iguais meses do ano passado.


Segundo o vice-presidente da entidade para máquinas, Alfredo Miguel, este foi o melhor mês de vendas desde setembro de 2019 e o melhor julho desde 2018. O setor tem sido fortemente impulsionado pelo agronegócio, graças à demanda global de alimentos. Com isso, o cenário também ficou favorável para os produtores: o desembolso das linhas de crédito, como as do Plano Safra, aumentou 50% com relação ao da safra anterior, para R$ 24 bilhões.

O executivo reforça que está previsto um novo recorde da safra de grãos, para a qual são esperadas 251 milhões de toneladas, 3,9% a mais do que a safra anterior. Além disso, Alfredo Miguel cita outros fatores que vêm beneficiando o setor de máquinas, como o preço das commodities.

“Os preços internos do milho voltaram a crescer e o da soja também continua aumentando, com isso, o valor bruto de produção deve crescer 8%. Adiciona-se a isso as importações da China que estão crescentes e o fato de que a desvalorização do real também aumenta a rentabilidade do produtor, que vende em dólar”, explica o vice-presidente da Anfavea.

Os números confirmam os impactos positivos sobre o mercado em julho: as exportações do setor subiram 39,4% na comparação com junho, para pouco mais de 856 unidades. Com isso, a produção brasileira de máquinas acelerou 54% no comparativo mensal.

Contudo, no acumulado do ano tanto exportações como a produção seguem em baixa. De janeiro a julho, o Brasil embarcou apenas 5 mil equipamentos, afetado principalmente pela baixa dos envios aos Estados Unidos em julho, resultado que ficou 32,8% abaixo das 7,5 mil máquinas exportadas em mesmo período do ano passado. Na mesma base de comparação, a produção recuou 21,5%, para 24,2 mil unidades.



- Faça aqui o download dos dados da Anfavea
- Veja outras estatísticas em AB Inteligência





Tags: Máquinas agrícolas, vendas, Anfavea, Argentina, exportações, agronegócio, safra, Plano Safra.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência